Friday, January 18, 2008

Perdoa-me


A tua sombra
Não estava onde eu a deixei.

Esperei,
Como era habitual,
Por ti,
A vida inteira...

Mesmo agora,
Já sem vida
que se veja,
Ainda espero...

...a tua sombra,
o teu perdão,
que sempre achei
que não perdia.


O Nostálgico

2 comments:

Sentir said...

..tão belo..
C

gravity said...

Seja quem for é impossível não te perdoar com esta forma tão maravilhosa de pedir perdão... Adoro!